Petrópolis tem muita história para contar que remete a um importante período histórico do Brasil em suas avenidas arborizadas, praças, palácios emoldurados pela exuberância da Mata Atlântica, foi eleita como um dos “65 Destinos Indutores e Atraentes do Turismo no País”.

A cidade está localizada na Serra Verde famosa pelo clima ameno no verão é ideal também para quem procura amplas oportunidades empresariais e não abre mão do lazer e da relação com a natureza.

O turismo de Petrópolis conta ainda com um vigoroso polo gastronômico; com o segundo maior setor cervejeiro do país; com a tradicional rua de moda “a Rua Teresa” com venda para atacado e varejo e; com a mais famosa feirinha do Brasil a de Itaipava para fazer compras e passear com a família.


Viaje no tempo! Locais que não podemos deixar de visitar:

casa-de-santos-dumontWEB_0

» Museu Casa de Santos Dumont

Foi residência de verão de Alberto Santos Dumont, Pai da Aviação, sendo conhecida como “A Encantada”.
Visitação: terça a domingo – 9h30 às 17h. Visitas orientadas em Português, Inglês e Espanhol.

museuImperial» Museu Imperial

Palácio construído em estilo neoclássico para ser residência de verão do Imperador Dom Pedro II e de Dona Teresa Cristina. Destacam-se a coroa e o manto imperial, móveis, joias, porcelanas e peças de arte.
Endereço: Rua da Imperatriz, 220 – Centro | Visitação: terça a domingo das 11h às 17h30

orquidario» Palácio de Cristal

Por iniciativa do Conde d’Eu, foi construído na França em estrutura pré-moldada de ferro fundido e inaugurado em 1884 para abrigar exposições de produtos agrícolas. Hoje abriga eventos culturais e exposições.
Endereço: Rua Alfredo Pachá s/n°- Centro | Visitação: terça a domingo de 9h às 18h

palacioAmarelo» Palácio Amarelo

Foi residência do Conselheiro Carlos Mayrink e do Barão de Guaraciaba. Em 1894, foi adquirida pela Municipalidade. Hoje, sede da Câmara Municipal de Petrópolis.
Endereço: Praça Visconde de Mauá, 89 – Centro Histórico | Visitação: diariamente das 10h às 17h

casa7erros» Casa da Ipiranga – Casa dos 7 erros

Em estilo Queen Victoria construída em 1884, ainda intacta com sua decoração original, possui lustres franceses, espelhos de cristal belga, lareiras de mármore carrara e cerca de 300 pinturas murais. O jardim da casa é o único em estado original, no Brasil, de Auguste Glaziou, botânico e paisagista da Casa Imperial Brasileira e da Quinta da Boa Vista no Rio de Janeiro. A casa hoje Centro Cultural tem intensa programação. Na antiga cocheira da casa, também original, está instalado um restaurante.
Endereço: Rua Ipiranga, 716 | Visitação: de quinta à terça 12h às 18h

casaColono» Casa do Colono Alemão

Casa com paredes de pau-a pique, construída em 1847. Pertenceu à família do colono alemão Johan Gottlieb Kaiser. Móveis e peças originais. Entrada Franca.
Endereço: Rua Cristovão Colombo, 1034 – Castelânea. Tel (24) 2247-3715
Visitação: terça a domingo 9h30 às 17h

Sao-Pedro-de-Alcantara_0» Catedral São Pedro de Alcântara

Pedra fundamental lançada em 1884. Construção em estilo neogótico francês. No seu interior destaca-se a Capela Imperial, onde estão os restos mortais de Dom Pedro II,
Dona Teresa Cristina, Conde D’Eu e Princesa Isabel.
Endereço: Rua São Pedro de Alcântara, 60 | Visitação: diariamente, das 8h às 18h

museu de cera

» Museu de Cera de Petrópolis.

Endereço: Rua Barão do Amazonas, 35 – Centro.
Visitação: terça a domingo, das 10h às 17h.Tel: (24) 2249-1595
Ingresso: R$ 20,00 e R$ 10,00 (estudantes e idosos).

 Museu de Cera de Petrópolis apresenta personagens históricos, da ciência, da política, das histórias em quadrinhos e das artes em geral, representados em figuras de cera em tamanho natural, tais como: dom Pedro II, Santos Dumont, Einstein, Alfred Hitchcock, Batman, Super-Homem, Gilberto Gil, entre outros, em cenários especialmente concebidos para proporcionar emoções e surpresas.

petrc3b3polis-trono-de-fc3a1tima

» Trono de Fátima.

Endereço: Rua Minsenhor Bacelar – Quinta do Sol, s/n° - Valparaíso.

Visitação: segunda a domingo, das 08h às 18h.Tel:  (24) 2242-0313.
Ingresso: Entrada Franca.

Trono de Fátima foi inaugurado em 12 de Outubro de 1947. O idealizador da obra foi o Frei José Pedreira de Castro, que conseguiu levantar o monumento à Virgem mediante donativos populares, festas religiosas, promoções, num trabalho que movimentou toda a comunidade católica de Petrópolis. O projeto arquitetônico é de Heitor da Silva Costa, que tem como sua obra mais famosa o Cristo Redentor do Rio de Janeiro. A imagem de N.S. de Fátima foi esculpida em Pietrasanta, na Itália, pelo escultor Enrico Arrighini. Em mármore branco estatuário, sem veias e sem jaça. Em um plano circular, N. S. é envolvida por sete colunas que representam os dons do Espírito Santo. A forma da rotunda é em estilo clássico, inspirado no Pânteon de Agripa, em Roma.. Sob o monumento, uma cripta de 10 metros de diâmetro abriga uma capela onde ocorrem missas no dia 13 de cada mês em homenagem à Santa. O Trono de Fátima também reserva um espaço para aqueles que buscam a cura e a solução de problemas: a Sala dos Milagres. Lá os fiéis depositam partes do corpo humano em cera, acendem velas e rezam para terem seus pedidos atendidos. Os turistas também contam com uma lanchonete e uma loja de artesanato e produtos religiosos.

 » Cervejaria Bohemia.cervejaria-bohemia2

Endereço: Rua Alfredo Pachá, 166 – Centro.

Visitação: Terça a Quinta, das 13h às 16:30 – Sexta a Domingo e feriados, das 10h às 18:30.Tel:  (24) 3064-9127
Ingresso: Inteira – R$27,00. Meia entrada – R$13,50.

A Cervejaria Bohemia foi fundada pelo alemão Henrique Kremer em 1853, se tornando a primeira cerveja pilsen a ser produzida no Brasil. Apelidada pela família real de “Ouro liquido” pelo seu sabor apurado, se tornou uma marca da cidade de Petrópolis.

Localizado na parte histórica da cidade imperial, o Centro Cervejeiro abre suas portas para dividir todo o conhecimento do universo da cerveja. O espaço mostra aos visitantes de forma interativa e lúdica a história, ritos, mitos e curiosidades sobre o ouro liquido. O projeto enriquece ainda a vida cultural e social da cidade de Petrópolis e do País se tornando mais um ponto de atração para turistas nacionais e internacionais.

O complexo da Cervejaria Bohemia contempla produção in loco de suas variantes: Weiss, Escura, Confraria e Pilsen e de edições especiais da marca. Além disso, terá sempre em primeira mão para degustação dos visitantes várias criações do Mestre Cervejeiro exclusivo de Bohemia antes delas irem para o mercado.

São mais de sete mil m² onde os visitantes conhecerão a história, rituais e curiosidades do universo cervejeiro de forma interativa, em um misto de aprendizado e entretenimento. Tudo isso contado em mais de 20 ambientes, que reunirão informações sobre o mundo da cerveja na gastronomia, na cultura, no comportamento, no bem-estar, no meio ambiente e no consumo responsável. Durante a visitação o público terá oportunidade de conhecer as curiosidades e segredos do mundo cervejeiro com atividades interativas e tecnologia de última geração.

Não Deixe de Fazer:

 

1 – Um Passeio de “Carruagem Victoria” tradicional em Petrópolis.
Para os turistas que procuram conhecer o centro histórico de uma maneira clássica e ao mesmo tempo diferente, a sugestão fica por conta do passeio de Victorias, as charretes trazidas por comerciantes ingleses ao Brasil em meados do século XIX.

2 – Conhecer o Arquivo Histórico do Museu Imperial
Frequentado por estudantes, historiadores e pesquisadores em geral, o arquivo reúne hoje uma coleção de 250 mil documentos históricos originais.

3 – Visita aos “bastidores do museu”
O Museu Imperial oferece o projeto “Museu que não se vê” – visita aos bastidores do museu. Informe-se: www.museuimperial.gov.br


Gastronomia

Petrópolis é conhecida também como “Vale dos Gourmets”. O clima ameno e privilegiado e a boa qualidade da produção rural, atraíram inúmeros chefs de cozinha, que trouxeram para a serra todo seu conhecimento, requinte, sofisticação e imaginação, dando origem a um verdadeiro paraíso gastronômico. Por conta do glamour que envolve a cidade, o clima das montanhas favorece o romantismo com jantar a luz de velas, das lareiras acesas, chocolate quente e um vinho saboroso proporcionando prazerosos momentos.


Eventos Turísticos

1 – Serenata Imperial (janeiro a dezembro)
A Serenata Imperial nasceu para levar alegria a todos cantando as mais lindas canções populares brasileiras. Toda última quinta-feira do mês às 20h, no Palácio Cristal. Entrada Franca.www.serenataimperial.com.br

2 – Som e Cristal (janeiro a dezembro)
O Palácio Cristal serve de palco para apresentações musicais de artistas locais e de renome nacional. Entrada franca. Todos os sábados a partir das 18h.

3 – “Um Sarau Imperial” (janeiro a dezembro)
A “Princesa Isabel e suas amigas” convidam o público para passar uma tarde com boa música e poesia. Embalado por modinhas imperiais, declamação de poesia e conversas sobe assuntos sociais, econômico e cultural retirados da correspondência particular da família imperial. Todas as sextas às 18h30 na Sala de Batalha do Museu Imperial. Sábado com agendamento para grupos.

4 – Som e Luz (janeiro a dezembro)
O espetáculo mostra com especial emoção, fatos marcantes da segunda metade do século XIX vividos pela Família Imperial Brasileira, utilizando efeitos especiais modernos de iluminação, sonorização e cenografia. Um espetáculo imperdível.

5 – Festival de Orquídeas Bromélias (janeiro)
Ocorre sempre em janeiro.

6 – Exposição Agropecuária
A Exposição é uma festa de rodeio feita no Parque Municipal com duração de uma semana. E serve de palco para apresentações musicais de artistas de renome nacional.

7 – Bauernsfest (junho)
A festa em homenagem à colonização alemã oferece música, comida e danças típicas. Consolidou-se como um dos maiores eventos do calendário turístico do estado.

8 – Festival de Inverno (junho e julho)
Atrações nacionais e internacionais de música, teatro e dança, que se apresentam em diversos locais em Petrópolis.

9 – Festa d’Italia (setembro)
Petrópolis homenageia os descentes dos imigrantes italianos com muita música, dança e pratos típicos.

10 – Petrópolis Gourmet (novembro)
O mais famoso festival gastronômico da Região Serrana. Criado em 2001, é um verdadeiro atrativo para os apreciadores da boa mesa e envolve chefs renomados, oficinas gastronômicas, bailes de máscaras, cursos, competições e atrações culturais voltados para o público de todas as idades. Participam também os principais restaurantes da cidade, com a criação de um menu de acordo com o tema do evento.

11 – Mostra de Teatro de Petrópolis (setembro)

12 – Natal de Luz (dezembro)
É a festa preferida da cidade. Petrópolis fica toda ornamentada e enfeitada com milhões de lâmpadas multicoloridas. Concertos e corais dão o tom de Cidade Imperial durante o período.

btn-facaReserva


recursos